2 de novembro de 2014

Where is the love?


Imagem retirada da Internet. 

       Ah cansei... Amar enjoa, amar cansa, desgasta. E até falar de amor é melancólico, bate aquela tristeza repentina. Coisa sem graça. Acabou o amor! Digo, o amor no contexto geral. Quando ainda nos amamos é lucro, mas e quando você deixa de amar tudo, até você? Ah, brincadeira né...

       Fico me perguntando como é que pode, alguém ter o poder sobre você, tal qual que causa um efeito tão doido, capaz de nos deixar sem reação, sem domínio próprio, corpo e mente. Eu já fui tão cega por um cara - digo isso porque estou em uma bad terrível esses dias, por causa dele - e quando parece que está tudo bem, olha eu aqui de novo sofrendo por tudo ter dado errado. Não gosto de me lamentar, muito menos expor meus sentimentos, sempre gostei de ter tudo guardado e resolver sozinha meus próprios problemas. Mas já que todo mundo faz da vida um livro aberto, das redes sociais um muro de lamentações, porque não publicar aqui no meu cantinho uma aflição minha? Fazer daqui uma válvula de escape. Muito contraditório não?! Procurar o alívio pro meu coração com as minhas próprias palavras.

       Essas coisas clichês que encontramos por aí, você lê, relê, e não encontra conforto algum, só sentimentos vazios, desabafos, tristeza atrás de tristeza. Que caos o amor se tornou! Estão desistindo de amar, de encontrar o par perfeito, de suprir as necessidades do outro, está perdendo a essência. As pessoas preferem viver sozinhas, ranzinzas, ao invés de apostar no novo. Ficam atreladas a um passado amoroso tenebroso e sem sucesso, optando pela solidão. Eu me pergunto: Onde é que estão aqueles que ainda querem viver o amor, custe o que custar? 

       O meu apelo é para que você veja o amor em todos os lugares pra onde for, em todas as pessoas que você convive, em todas as coisas que você faz. Não adianta procurar a felicidade sem o amor. Ele envolve tudo, ele está em tudo! Seja mais amável, tudo é também, o retorno do que você dá. Não me refiro a relacionamentos, mas a convivência. Amor é a base de tudo. Vamos começar a semana, com atos de amor, solidariedade, etc. Não é porque você não foi amado da maneira que deveria, que você vai retribuir para o mundo e para si mesmo de uma maneira negativa. Deixo esse desabafo, para  que cada um de vocês leitores reflitam para um vida bem melhor Beijão!

2 comentários:

  1. "O meu apelo é para que você veja o amor em todos os lugares pra onde for, em todas as pessoas que você convive, em todas as coisas que você faz"

    Perfeito!! - Sem mais

    http://divasblogtms.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/pages/Divas%C2%B3/1478101982460409

    ResponderExcluir

Olá querido leitor/leitora! Obrigada por vir comentar no meu cantinho, fico muito feliz com a sua visita. Se você também tem um blog, deixe o link dele aqui que eu irei retribuir a visita com o maior prazer. Beijinhos ❤