Calistenia: O esporte que voltou com tudo!

by - julho 04, 2015

(Imagem retirada da Internet)

O nome talvez não soe familiar, mas com certeza você já praticou ao menos uma vez na vida. Conhecido como street workout, os exercícios calistênicos existem há mais de um século, têm origem na ginástica sueca e utilizam o peso do próprio corpo para tonificar e fortalecer os músculos. Babado né?

Agachamentos, abdominais e flexões de braço são bons exemplos dessa modalidade, que também pode ser feita com o auxílio de alguns materiais como barras paralelas e fixas.

Geralmente realizados ao ar livre, os treinos têm levado milhares de pessoas a parques e praças de todo o país. Criaram até um Instagram chamado (@CalisteniaBrasil) para ensinar e auxiliar os que querem praticar esses exercícios. Além de fotos, o perfil conta com vídeos super bacanas como esse aqui:


Dúvidas Frequentes:


Qualquer um pode treinar? A calistenia é indicada para todas as idades e pode ser feita até mesmo em casa, desde que tenha a supervisão de um profissional.
Quais os benefícios e vantagens? Praticado em espaços livres, esse tipo de ginástica é super versátil e apresenta excelentes resultados. Além de poder criar treinos que vão de intensidade fraca a bem forte.
Atividades combinadas: A Calistenia pode ser realizada em parceria com exercícios cardiovasculares como corrida, natação ou ciclismo.
Quais os resultados? Num primeiro momento, há a liberação de hormônios que causam bem-estar e mais disposição. Os efeitos aparecem de forma gradual, equilibrada e no corpo todo, dependendo da frequência e da intensidade da prática.

Eu confesso que achei super bacana, e é pra soar a camisa mesmo! rs. Inclusive achei aulas no Parque Ibirapuera, pra quem também mora em São Paulo. As informações sobre elas estão todas no perfil da turma que indiquei acima, e o valor custa por volta de R$ 40,00. 

Agora quero saber das minhas leitoras e colegas: Teriam coragem? Contem pra mim através dos comentários que vou amar saber. Beijão! 

You May Also Like

46 comentários